Juliana e Augusto são velhos amigos com blogs novos. Que bom. É sempre um outro ângulo a se observar dessa complexidade que somos. Geralmente colocamos mais poesia nas letras que escrevemos ao léu (oi léu!) do que nas frases que falamos entre um café e outro nos dias ao vivo. É sempre bom ver outros ângulos de nossos amigos. Ficamos ainda mais apaixonados por eles. Delícias poligonais tridimensionais.